Notícias

Jogo Limpo

ABCD dá palestra sobre antidopagem durante concentração do judô no Rio de Janeiro

publicado: 06/03/2020 18h46, última modificação: 09/03/2020 11h36
Atletas da seleção brasileira seguem em atividades no Centro de Treinamento do COB até domingo (8.03)

Foto: CBJ/Divulgação

Um dos compromissos dos judocas da seleção brasileira durante o período de concentração no Rio de Janeiro foi uma palestra ministrada por integrantes da Autoridade Brasileira de Controle de Dopagem (ABCD), nesta sexta-feira (06.03). Mesmo para os atletas que já estão habituados ao processo e aos cuidados necessários para se manter livre de qualquer substância proibida, o momento foi de reforçar a importância do jogo limpo, às portas dos Jogos Olímpicos de Tóquio.


“Acho sempre válido reforçar essas informações para estarmos sempre espertos. Nós somos responsáveis por tudo que tem dentro do nosso organismo, independentemente se foi certo, se foi justo ou não”, opina Ketleyn Quadros, bronze em Pequim 2008 e que lidera a corrida pela vaga olímpica na categoria -63kg. “A gente se dedica e faz isso da forma mais justa e honesta possível. Ter essa segurança de que realmente é um jogo limpo, de igual para igual, e que as diferenças estão ali em cima do tatame, isso é uma segurança que todo atleta quer ter”.


“Esta é uma ação obrigatória para a ABCD enquanto organização nacional antidopagem, com um público-alvo seleto, específico e obrigatório, que a gente chama de grupo-alvo de teste, que são os atletas de altíssimo rendimento rumo aos Jogos Olímpicos”, explica a secretária nacional da ABCD, Luísa Parente. “É uma grande satisfação estar aqui, junto à Confederação Brasileira de Judô, que já fez adesão à campanha #JogoLimpo na parte institucional e, agora, estamos aqui na prática, em um ano olímpico, propiciando esse acesso à informação”, destaca.

 

Foto: CBJ/Divulgação


A seleção brasileira de judô segue concentrada no Rio de Janeiro, no Centro de Treinamento do Comitê Olímpico do Brasil (COB), até o próximo domingo.


Ana Cláudia Felizola, do Rio de Janeiro (RJ) – rededoesporte.gov.br, com informações da CBJ