Notícias

Jogos Escolares da Juventude

Atletismo, badminton, futsal e vôlei abrem o segundo bloco de competições dos Jogos Escolares da Juventude

publicado: 22/11/2019 14h03, última modificação: 18/12/2019 11h14

Como habitualmente ocorre nos Jogos Escolares da Juventude, o quinto dia de evento é marcado pelo fim do primeiro bloco de competições. Em Blumenau 2019, após basquete, handebol, judô e wrestling, agora será a vez de atletismo, badminton, futsal e vôlei. As provas começam nesta sexta-feira (22) e vão até segunda (25).

 

As novas delegações já começaram a desembarcar na cidade catarinense e aproveitar todas as atividades disponíveis no Centro de Convivência, situado na Vila Germânica, como basquete 3x3, escalada esportiva, surfe e jogos de realidade virtual.

 

Até o momento, os Jogos Escolares têm sido um sucesso. No judô, o medalhista olímpico Carlos Honorato presenciou a conquista de um de seus alunos no clube Paineiras do Morumby, Francisco Gorgulho, filho do ator Paulo Gorgulho, enquanto o bicampeão mundial João Derly e o treinador Kiko Pereira, da Sogipa, acompanharam a nova geração de judocas gaúchos.

 

 CCV_AP_21_11_19_2879.jpg

No handebol, quem dominou os torneios femininos foi o Colégio Anglo Líder (PE), que venceu as categorias 12 a 14 anos e 15 a 17. Por sinal, uma das revelações do torneio foi Raquel Ladeia, 13, que nasceu em Goiânia e se mudou para Recife a convite do treinador da seleção brasileira júnior, Cristiano Rocha.

 

O basquete, por sua vez, teve uma supremacia de São Paulo, que levou os dois títulos no 12 a 14 anos e foi duas vezes finalista no 15 a 17. Além disso, pudemos conhecer belas histórias, como a do Porãbask/Colégio Elite (MS) e a de Dannyel Russo e João Gabriel, que se dividem entre o Colégio Batista e o Basquete Cearense, ambos de Fortaleza.

 

Por fim, o wrestling teve como principal novidade a inclusão da luta greco-romana no programa dos Jogos. Guilherme Porto, do Mato Grosso, foi o maior destaque individual, tendo conquistado dois ouros, mas os lutadores de Atalaia do Norte (AM) e a brasiliense Geovania Marques também chamaram a atenção.

 

Para este segundo bloco de competições, estarão presentes três novos Embaixadores: Paulo André (atletismo), campeão Mundial de Revezamentos; Jaqueline Lima (badminton), bronze nos Jogos Olímpicos da Juventude Buenos Aires 2018; e Gustavo Endres (vôlei), campeão olímpico em Atenas 2004. Além disso, estão confirmadas as presenças dos seguintes Observadores, indicados pelas respectivas confederações: Alexandre Moratto (atletismo), Norma Rodrigues (badminton), Abel Silva Junior (vôlei) e Luiz Carlos da Silva (vôlei).

 

Vale lembrar ainda que as provas de atletismo vão acontecer em Timbó (SC), no Complexo Esportivo do município (endereço: Rua Gustavo Piske, s.n.). Todas as provas têm entrada franca.

 

Fonte: Comitê Olímpico do Brasil

error while rendering plone.belowcontenttitle.contents