Notícias

Copa do Mundo Sub-17

Brasil goleia Canadá e estreia com vitória na Copa do Mundo Sub-17

publicado: 26/10/2019 23h23, última modificação: 17/12/2019 18h27

O Brasil começou bem sua caminhada na Copa do Mundo Sub-17 da Fifa, competição disputada por 24 países e que teve início neste sábado (26.10), na cidade do Gama, no Distrito Federal, distante cerca de 35 quilômetros de Brasília.

 

brasil-canada-sub-17-foto-Fifa.jpg
Jogadores do Brasil comemoram o triunfo sobre o Canadá na estreia da Copa do Mundo Sub-17. Foto: Fifa.com

 

Jogando no estádio do Bezerrão, o time comando pelo técnico Guilherme Dalla Déa goleou o Canadá por 4 x 1. O camisa 10 Peglow marcou dois gols e Demian e Gabriel Veron foram os responsáveis pelos outros. O gol do Canadá foi marcado por Russel-Rowe.

 

Superado o primeiro desafio, o Brasil tem pela frente, na fase de grupos, a Nova Zelândia, na próxima terça-feira (29.10), em Brasília, e a Angola, no dia 1º de novembro, em Goiânia. A Seleção Brasileira é tricampeã da Copa do Mundo Sub-17, entretanto não vence a competição, disputada de dois em dois anos, desde 2003. Os dois primeiros títulos foram conquistados em 1997 e 1999.

 

Representantes da Secretaria Especial do Esporte do Ministério da Cidadania acompanharam a vitória do Brasil no estádio Bezerrão. Estiveram presentes o secretário especial adjunto do Esporte, Marco Aurélio Araújo; o secretário Nacional de Esporte, Educação, Lazer e Inclusão Social (SNELIS), Washington Cerqueira; o secretário Nacional de Futebol e Defesa dos Direitos do Torcedor (SNFDT), Ronaldo Lima; e o chefe de gabinete da SNELIS, Sidney Cavalcante.

 

copa-do-mundo-sub-17-luiz-roberto-magalhaes-ministerio-cidadania.jpeg
Washington Cerqueira, Ronaldo Lima, Marco Aurélio Araújo e Sidney Cavalcantte. Foto: Luiz Roberto Magalhães/Ministério da Cidadania

 

"Para nós, do Governo Federal, é uma satisfação ver o Brasil sediando mais uma Copa do Mundo da Fifa. O Brasil provou nos últimos anos que é capaz de receber qualquer megaevento esportivo. Ganhamos muita experiência desde o Pan de 2007 e com todos os grandes eventos esportivos que se seguiram: os Jogos Mundiais Militares em 2011, a Copa das Confederações em 2013, a Copa do Mundo em 2014, os Jogos Mundiais dos Povos Indígenas em 2015 e as Olimpíadas e Paralimpíadas do Rio, em 2016. Desejamos sorte para os jovens atletas que representam o Brasil e ficamos muito felizes com essa vitória na estreia", afirmou Marco Aurélio Araújo.

 

"O Brasil é o país do futebol e a Fifa, quando confia ao Brasil um evento dessa magnitude, reforça essa afirmação. Nós vimos aqui um estádio maravilhoso, bem preparado, temos campos de treinamentos muito bons. Eu visitei o CT do Gama e vi que ele está muito bem preparado para receber os times que lá treinarão. O Brasil, mais uma vez, vai mostrar ao mundo que é capaz de receber muito bem esses grandes eventos", reforçou Ronaldo Lima.

 

Com uma carreira nos gramados marcada por 411 gols, Washington Cerqueira, o "Coração Valente", duas vezes artilheiro do Campeonato Brasileiro, contou que nunca disputou uma Copa do Mundo Sub-17 e confessou que sente saudades do tempo de jogador quando vê o time de base do Brasil se apresentando em uma Copa do Mundo.

 

"Sinto muita saudade. Esse é um evento grandioso, ímpar. Brasília e a cidade do Gama estão de parabéns por sediar dessa forma a Copa do Mundo. É muito bom ver essa garotada jogando bem. Eles são o futuro do futebol brasileiro e, agora, é torcer para que esses garotos se realizem e vierem grandes profissionais no futuro", declarou Washington.

 

Luiz Roberto Magalhães - Ascom - Ministério da Cidadania