Notícias

NOTÍCIAS

Casa Brasil nos Jogos Olímpicos de 2020 é tema de reunião entre governo federal e COB

publicado: 20/08/2019 19h01, última modificação: 02/12/2019 18h48

Representantes do governo federal e do Comitê Olímpico do Brasil (COB) se reuniram nesta terça-feira (20.08) na Secretaria Especial do Esporte do Ministério da Cidadania, em Brasília, para discutirem e planejarem ações para a realização da Casa Brasil em Tóquio durante os Jogos Olímpicos em 2020, no Japão. O secretário especial do Esporte, Décio Brasil, o secretário adjunto do Esporte, Marco Aurélio Araújo, e o secretário nacional de Esporte de Alto Rendimento, Emanuel Rego, e a chefe da Assessoria Especial de Assuntos Internacionais do Ministério da Cidadania, Carla Carneiro, conversaram com o diretor-geral do COB, Rogério Sampaio, e a diretora de comunicação e marketing da entidade, Manoela Penna. Também participaram da reunião representantes do Ministério das Relações Exteriores e da Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos – Apex-Brasil. 

Foto: Abelardo Mendes Jr/ Ministério da Cidadania

O Comitê Olímpico do Brasil apresentou o projeto e explicou a intenção de destacar as conquistas brasileiras nos Jogos, ao mesmo tempo que mostra o mercado brasileiro e atrai investimentos estrangeiros para setores estratégicos da economia nacional. "O projeto da Casa Brasil tem por objetivo celebrar as conquistas dos atletas brasileiros, reunir e receber pessoas do exterior e apresentar, além das conquistas dos atletas, a qualidade da cultura e da arte brasileira", explica Rogério Sampaio. "Será um local onde os brasileiros poderão olhar para o futuro também, por meio de novos negócios e do fortalecimento da marca do país. O esporte é um ativo extremamente vencedor, reconhecido no mundo inteiro. E a ideia é utilizar esse ativo para fortalecer a marca do país perante o mundo inteiro no principal evento do planeta, que são os Jogos Olímpicos. Como o evento é transmitido por televisões abertas e fechadas e acompanhado por todos os tipos de mída, o poder de divulgação enorme. E é nesse momento que nós vamos divulgar e fortalecer a marca do nosso país", acrescentou.

 

Desde os Jogos Olímpicos Atlanta 1996, o governo federal se faz presente na realização da casa nacional. O secretário Décio Brasil reforçou que a intenção é consolidar novamente a participação governamental. "Esta reunião foi muito importante porque todos esses setores têm interesse na divulgação do país. O Ministério da Cidadania, por meio das secretarias especiais do Esporte da Cultura, tem muito a acrescentar à Casa Brasil em Tóquio; podemos alcançar os empresários através da Apex-Brasil e o turismo através do Ministério do Turismo e da Embratur. A atuarmos com a experiência diplomática do Itamaraty", afirmou o secretário. "Mesmo diante das dificuldades que o país enfrenta hoje em dia, temos que fornecer instrumentos e ferramentas que possibilitem levarmos a imagem positiva do Brasil nessa nova agenda que governo brasileiro está trabalhando".

Décio Brasil destacou que a edição brasileira dos Jogos ainda está na memória de todo o público. "O Brasil é o país que entregou os últimos Jogos e a lembrança mais atual de todos é a Olimpíada no Rio, em 2016. Está tudo muito vivo na memória. O Brasil sempre é uma atração à parte, pois todo o mundo admira o país. Esta é uma possibilidade concreta de fortalecimento da nossa imagem junto à comunidade internacional", finalizou.

Ascom - Ministério da Cidadania