Notícias

Consulado Conjunto Brasil-Argentina recebe a visita do ministro Leandro Cruz

publicado: 23/06/2018 00h00, última modificação: 22/01/2020 11h53
consuladonovavale.jpg

Fotos: Paulo Rossi

Os torcedores brasileiros e argentinos que foram a São Petersburgo conferir in loco os jogos de suas seleções na Copa da Rússia contam com um serviço consular unificado, fruto de parceria dos governos dos países vizinhos. O Consulado Conjunto Temporário Brasil-Argentina, que funciona desde o início do Mundial, recebeu nesta sexta-feira (22.06) a visita do ministro do Esporte, Leandro Cruz, que conferiu a estrutura montada em uma sala do hotel Novotel.

 

Ao lado do embaixador do Brasil na Rússia, Antonio Salgado, o ministro brasileiro ouviu da embaixadora Irene Vidagala, chefe do consulado pelo lado brasileiro, e do ministro Daniel Cottini, que comanda as ações argentinas, explicações sobre os serviços oferecidos aos turistas sul-americanos. "Nossos governos dão um grande exemplo de convivência harmônica, de companheirismo, ao instalar esse consulado conjunto. Somos povos vizinhos, irmãos. Nossas histórias se misturam ao longo dos anos. Estamos dando o exemplo de que devemos viver em paz e harmonia", afirmou Leandro Cruz.

 

A embaixadora Irene Vidagala deu um exemplo prático de como o serviço consular é importante. "Há um jovem brasileiro que veio morar em São Petesburgo para fazer um curso e acabou internado com problemas psiquiátricos. Não é um assunto relacionado diretamente à Copa do Mundo, mas diz respeito a um cidadão brasileiro. Estamos dando toda a assistência a ele e deixando sua mãe e familiares, no Brasil, informados sobre o tratamento."

 

consulado2vale.jpg

 

O serviço consular conjunto já pode ser conferido na tarde desta sexta-feira, por ocasião da partida entre Brasil e Costa Rica, na Arena Krestovsky. A Argentina tem jogo marcado para a próxima terça-feira (26.06), no mesmo estádio, contra a Nigéria.

 

Paulo Rossi, de São Petersburgo (Rússia)