Notícias

NOTÍCIAS

Diretor da SNELIS destaca organização dos XIII Jogos da Amizade 2019 em Resende (RJ)

publicado: 02/07/2019 11h57, última modificação: 02/12/2019 18h47

Como representante da Secretaria Nacional de Esporte, Educação, Lazer e Inclusão Social (SNELIS), o diretor do Departamento de Gestão de Programas de Esporte, Educação, Lazer e Inclusão Social (DEGEP), Clair Tomé Kuhn, participa da 13ª edição dos Jogos da Amizade 2019, evento esportivo, artístico e cultural realizado na Academia Militar das Agulhas Negras (AMAN), em Resende, no Rio de Janeiro. A competição, organizada pelo Departamento de Educação e Cultura do Exército (DECEx) e pela Diretoria de Educação Preparatória e Assistencial (DEPA), será de 1º a 6 de julho.

Desde 2013, os Jogos da Amizade contam com a parceria da SNELIS, uma das secretarias dentro da Secretaria Especial do Esporte, que integra o Ministério da Cidadania. Segundo o Ministério da Defesa, a pasta “tem garantido uma melhor qualidade à organização dos jogos e, consequentemente, ascensão nos resultados alcançados.”

Clair Tomé Kuhn destacou ainda a importância dos jogos como ferramenta de integração. “Os jogos são importantes porque criam e formam a conduta cidadã e a disciplina. Esses adolescentes estão sendo formados para a vida, porque são ensinados a lidar com a derrota. É possível ver que há competição, mas não há rivalidade”, afirmou o diretor.

Acompanhado pelo secretário de Pessoal, Ensino, Saúde e Desporto do Ministério da Defesa, Paulo Humberto Cesar de Oliveira, Clair Kuhn acrescentou que há um estímulo especial para o desenvolvimento da compreensão do significado de trabalho em equipe. “É uma ótima oportunidade para promover a inclusão social. As atividades também são supervisionadas por profissionais e executadas pelos próprios alunos, valorizando a iniciativa e a liderança. Os alunos saem da célula familiar e convivem em uma outra esfera com melhores ensinamentos.”

Os Jogos da Amizade são uma iniciativa abrangente e inédita na educação básica pública nacional e integram não apenas atividades desportivas, mas também eventos culturais e sociais. Conforme a DEPA, a competição visa fomentar o interesse pela prática desportiva e promover o intercâmbio cultural entre os alunos provenientes de todas as regiões do país.

Participam dos Jogos 1,6 mil alunos do Sistema Colégio Militar do Brasil, de 13 cidades: Belém, Belo Horizonte, Brasília, Campo Grande, Curitiba, Fortaleza, Juiz de Fora (MG), Manaus, Porto Alegre, Recife, Rio de Janeiro, Salvador e Santa Maria (RS). Eles disputarão 11 modalidades desportivas, nas categorias masculino e feminino. São elas atletismo, basquete, futebol, handebol, hipismo, judô, natação, orientação, pentatlo moderno (corrida, natação, hipismo, esgrima e tiro), voleibol e xadrez.

Nathália Fernandes - Ministério da Cidadania