Notícias

NOTÍCIAS

Diretor de Gestão de Programas do Esporte, Educação, Lazer e Inclusão Social da SNELIS toma posse

publicado: 21/06/2019 18h55, última modificação: 02/12/2019 18h47

O diretor do Departamento de Gestão de Programas de Esporte, Educação, Lazer e Inclusão Social (DEGEP), da Secretaria Nacional de Esporte, Educação, Lazer e Inclusão Social (SNELIS), Clair Tomé Kuhn, tomou posse nesta sexta-feira (21.06). Em encontro com os coordenadores da secretaria, o diretor frisou que, à frente do DEGEP, o principal objetivo será “aperfeiçoar o diálogo entre convenente e concedente, a fim de firmar compromissos e programas para o desenvolvimento de crianças e jovens brasileiros.”

O Departamento de Gestão de Programas de Esporte é um dos setores dentro da SNELIS que visam planejar, desenvolver e acompanhar o processo de seleção de propostas e de formalização de convênios, contratos de repasse e termos de cooperação para a execução de programas, projetos e ações governamentais. É responsável também por articular ações necessárias para estruturar a implementação de programas e projetos.

Natural de Espumoso, no Rio Grande do Sul, Clair Kuhn expôs seu desejo de ampliar e aprimorar projetos dentro da SNELIS. “Eu vim com muita vontade de ajudar a transformar projetos que estão em andamento em grandes ações, com um resultado altamente satisfatório. Sou licenciado em educação física, e o esporte em minha vida, com a óptica de professor, tem uma fundamentação muito consistente. Quero fazer a diferença na vida das crianças e jovens”, acentuou.

Questionado sobre convênios firmados com a Secretaria Especial do Esporte, o diretor acrescentou que pretende facilitar o processo de formalização de parcerias entre municípios interessados e a SNELIS. “Quero ajudar a facilitar o processo de desburocratização e a comunicação entre o município e a nossa instituição. Quero dar a visão ampla, observar os detalhes, amenizar os problemas, se houver, e maximizar os pontos positivos.”

Clair Tomé Kuhn destacou ainda a importância do esporte como política pública. “O secretário Washington disse certa vez - e eu concordo – que, para cada dólar investido em esporte, economizaríamos três dólares na saúde. Temos de continuar com o olhar em todas as questões e modalidades de inclusão, e para isso eu preciso da ajuda da minha equipe. Ela é fundamental para o desenvolvimento e o sucesso do meu trabalho. Não sei trabalhar sozinho. Se tive êxito, foi por conta da equipe. Um bom técnico não é nada sem o time, e um time não é nada sem os 11 jogadores. Não adianta ter um bom centroavante, se tivermos um goleiro que não pega nada”, finalizou o diretor.

Clair Tomé Kuhn foi vereador eleito em três legislaturas consecutivas (1993 a 2004), presidente da Câmara Municipal de Vereadores, secretário municipal de Administração, prefeito, vice-prefeito e presidente do Diretório Municipal do PMDB de Quinze de Novembro, presidente da Associação dos Municípios do Alto Jacuí (Amaja), presidente da Associação dos Prefeitos e Vices do PMDB/RS, 2º e 3º vice-presidente da Federação das Associações de Municípios do Rio Grande do Sul (Famurs), gerente de Desenvolvimento Humano na Prefeitura Municipal de Quinze de Novembro, membro do Diretório Estadual do PMDB/RS, Vice-Presidente do PMDB/RS, candidato a deputado estadual nas eleições 2014 pelo PMDB, em que obteve 13.876 votos, presidente da Emater/RS-Ascar, candidato a deputado estadual nas eleições 2018, pelo MDB/RS, suplente de deputado estadual e, por fim, assessor especial de Assuntos Municipais da Casa Civil do Governo do Estado do Rio Grande do Sul.

Nathália Fernandes - Ministério da Cidadania