Notícias

Notícias

Em bate-papo ao vivo, secretário Décio Brasil, judoca Giulia Pereira e representante do CPB falam sobre o Parapan e Bolsa Atleta

publicado: 25/08/2019 13h16, última modificação: 02/12/2019 18h47

No dia que marca o início da contagem regressiva de 1 ano para os Jogos Paralímpicos de Tóquio 2020, o secretário especial do Esporte do Ministério da Cidadania, Décio Brasil, a judoca medalhista de ouro nos Jogos Parapan-Americanos de Lima, Giulia Pereira, e o subchefe de missão do Brasil na capital peruana, Jonas Freire, participaram de transmissão ao vivo, neste domingo (25.08), pela página da Secretaria do Esporte no Facebook e pelo perfil no Instagram.

“Quero agradecer à torcida brasileira, que vibrou e torceu por todos os atletas brasileiros aqui em Lima. Agradeço a todos os apoiadores, ao ministério, que dá um belíssimo incentivo com a bolsa, ao Comitê Paralímpico Brasileiro, por ter trazido toda a nossa delegação em um trabalho excepcional com a equipe multidisciplinar”, disse Giulia.

O subchefe de missão do Brasil no Parapan agradeceu o apoio do governo federal no desenvolvimento do esporte paralímpico brasileiro. “A gente acredita muito no poder transformador do esporte. A gente sabe o quanto o esporte pode mudar a vida das pessoas e contribuir na formação do cidadão. Gostaria de agradecer a presença do secretário, pois estamos nos sentindo muito acolhidos pelo Décio Brasil no Parapan, além de parabenizar todo o governo federal pelo suporte. O programa Bolsa Atleta é único no mundo e ele garante todo o apoio para que os atletas possam se dedicar ao esporte”, ressaltou Jonas Freire.

Foto: Francisco Medeiros/Ascom - Ministério da Cidadania

Para o secretário Décio Brasil, acompanhar de perto os atletas brasileiros em um megaevento é uma oportunidade de ver o empenho de todos. “Só estando aqui para sentir o clima que a delegação brasileira criou em torno do seu objetivo maior. Tive a oportunidade de estar na Vila Parapan-Americana, participei da cerimônia de hasteamento da Bandeira Nacional e vi como o clima contagiou a todos. Parabenizo ao CPB, que montou a estrutura que vai trazer grandes resultados, pois no primeiro dia já conquistamos 40 medalhas e vamos bater todos os recordes”, projetou.

Breno Barros, de Lima, no Peru – Ascom – Ministério da Cidadania