Notícias

NOTÍCIAS

Governo federal articula ações para reerguer Brumadinho

publicado: 14/06/2019 12h32, última modificação: 02/12/2019 18h47

O governo federal lança nesta sexta-feira (14.06) um pacote de medidas que visa à reconstrução de Brumadinho (MG), à recuperação da atividade econômica e ao resgate da autoestima da comunidade, fortemente atingida pelo rompimento da Barragem da Vale em 25 de janeiro. A ‘Aliança por Brumadinho’ inclui ações nas áreas de desenvolvimento social, educação, saúde, cultura, esporte, infraestrutura, meio ambiente e segurança pública.

Entre as iniciativas, está a inauguração da Estação Cidadania, criada pelo Ministério da Cidadania para o desenvolvimento de programas e ações culturais, práticas esportivas e de lazer, formação e qualificação profissional, serviços socioassistenciais e políticas de prevenção à violência. A unidade tem 3 mil m² e contou com investimento de R$ 2 milhões.

O espaço conta com praça de esportes e lazer, Centro de Referência de Assistência Social (CRAS), salas multiuso, biblioteca, sala de informática, cineteatro/auditório, quadra poliesportiva coberta, pista de skate, equipamentos de ginástica e playground.

O Ministério da Cidadania articula ainda parceria com a Secretaria de Educação do município e do estado para mobilizar produtores culturais com o objetivo de incluir Brumadinho no calendário de eventos nacionais. A Estação Cidadania também receberá ações culturais promovidas pelo Instituto Inhotim e pela Fundação Clovis Salgado.

Treinador de futebol em um projeto voluntário, Júnior César Ribeiro conta estar entusiasmado com o espaço. Ele destaca o diferencial que a Estação Cidadania trará no desenvolvimento dos jovens. “Se eu treino dez jovens e somente um torna-se atleta profissional, mas nove crescem cidadãos, então, meu dever está cumprido. O espaço vem para somar na vida dos jovens”, avalia.

No total, está programada a construção de 329 estações em 311 municípios do país, o que corresponde a um investimento de R$ 817,6 milhões, sendo R$ 725,06 milhões da Secretaria Especial da Cultura do Ministério da Cidadania e R$ 92,54 milhões de contrapartida das prefeituras municipais.

Ascom – Ministério da Cidadania