Notícias

Jogos Universitários Brasileiros

Jogos Universitários Brasileiros 2018 reúnem atletas de destaque no cenário internacional

publicado: 07/11/2018 00h00, última modificação: 16/01/2020 11h49
paulo-andre-oliveira-foto-wagner-carmo-CBAt.jpg

Foto: Wagner Carmo/CBAt

Maringá, a terceira maior cidade do Paraná vive, desde a última segunda-feira (05.11), um clima de festa com a realização da 66ª edição dos Jogos Universitários Brasileiros – JUBs 2018. A competição reúne cerca de 3,5 mil alunos, de 130 instituições de ensino brasileiras (sendo 60% delas instituições privadas), das 26 unidades federativas, além do Distrito Federal.

 

Apesar de ser uma competição universitária, o JUBs 2018 tem entre seus participantes atletas de destaque no cenário internacional. Um exemplo é Amanda Lyssa, que já foi considerada quatro vezes a melhor jogadora de futsal do mundo.

 

Chamada carinhosamente de Amandinha pelas colegas de futsal, a jogadora, de 24 anos estreou nesta quarta-feira nos JUBs. Atleta da UNIPLAC-SC, ela ajudou sua equipe a vencer o CENESUP-PB por 5 x 0.

 

"Acredito que temos muito a melhorar, mas fomos bem, fizemos o nosso papel, ganhamos o primeiro jogo. Agora, a gente descansa pra quinta-feira decidirmos a vaga para semifinal", afirmou Amanda Lyssa, autora de dois gols. "Começamos um pouco afobadas demais, mas depois colocamos a bola no chão, tivemos paciência e conseguimos colocar a bola no gol", prosseguiu a jogadora, estudante de fisioterapia.

 

Outro destaque desta edição do JUBs é Paulo André Camilo. O paulista, de apenas 20 anos, é uma das principais esperanças do Brasil nos 100m rasos e persegue o desafio de se tornar o primeiro brasileiro a correr a prova mais veloz do atletismo abaixo dos 10 segundos. Até hoje, quem chegou mais perto disso foi Robson Caetano, que em 22 de julho de 1988, correndo na Cidade do México, completou a prova em 10 segundos cravados.

 

Há poucas semanas, Paulo quebrou o recorde do Troféu Brasil quando completou a prova em 10s02, em Bragança Paulista. Foi a segunda melhor marca da história de um brasileiro nos 100m.

 

Outro destaque é o jogador de vôlei de praia Márcio Araújo. Aos 45 anos, o cearense foi medalha de prata nas Olimpíadas de Pequim 2008 e conquistou o ouro no Campeonato Mundial de 2005, em Berlim, além da prata no Mundial de Roma 2011 e do bronze no Mundial do Rio de Janeiro, em 2003.

 

15 modalidades

 

Ao todo, 15 modalidades esportivas terão provas nesta edição do JUBs. São elas: atletismo, atletismo paralímpico, basquete, ciclismo, futsal, handebol, judô, natação, natação paralímpica, vôlei, vôlei de praia e skate, esta última estreante na competição.

 

Além das modalidades esportivas, estão sendo disputados nos JUBs os jogos eletrônicos FIFA 2018, League of Legends. Por último, o evento também inclui JUBs acadêmico, no qual são apresentados trabalhos acadêmicos na área do esporte, que serão avaliados por uma banca formada por professores universitários especialistas nas áreas específicas dos trabalhos apresentados.

 

Os JUBs 2018 são uma realização da CBDU, em parceria com a Secretaria de Esportes e Lazer da Prefeitura Municipal de Maringá e da Federação Paranaense de Desportos Universitários (FPDU). Patrocínio CBDU: Correios. Apoio CBDU: Gympass e SuperBolla. Parceria Institucional: Ministério do Esporte, Comitê Olímpico Brasileiro e Comitê Paralímpico Brasileiro.

 

De Maringá, Clóvis Souza - Ascom - Ministério do Esporte