Notícias

Ministério do Esporte assina protocolo de intenção para que Arena do Futuro vire escolas públicas em Duque de Caxias

publicado: 23/03/2018 00h00, última modificação: 28/01/2020 13h29
arenadofuturo_gabrielheusi_rededoesporte-700x466.jpg

A Arena do Futuro (Parque Olímpico da Barra, no Rio de Janeiro) recebeu disputas de handebol nos Jogos Olímpicos e de goalball nos Jogos Paralímpicos. Foto: Gabriel Heusi/rededoesporte.gov.brA Arena do Futuro (Parque Olímpico da Barra, no Rio de Janeiro) recebeu disputas de handebol nos Jogos Olímpicos e de goalball nos Jogos Paralímpicos. Foto: Gabriel Heusi/rededoesporte.gov.br

O ministro do Esporte, Leonardo Picciani, o prefeito do Rio de Janeiro, Marcelo Crivella, e o prefeito de Duque de Caxias (RJ), Washington Reis, assinaram nesta sexta-feira (23.03) um protocolo de intenção para a transformação da estrutura de aço da Arena do Futuro, usada nos Jogos Olímpicos e Paralímpicos Rio 2016, em quatro escolas públicas de ensino fundamental na cidade de Duque de Caxias, no Rio de Janeiro.

 

Firmado na Arena Carioca 1 no Parque Olímpico da Barra, o acordo prevê um plano de viabilidade técnica e econômica para a desmontagem. Técnicos das duas prefeituras e do Ministério do Esporte vão analisar a melhor forma de execução do serviço - o prazo de vigência do protocolo é de 360 dias, renováveis.

 

"A intenção do Ministério do Esporte é ajudar o Rio e Duque de Caxias a concluir a destinação do legado olímpico previsto para a Arena do Futuro, que é a construção de quatro escolas públicas. Esse é um legado pela educação. O protocolo de intenções está assinado e vamos trabalhar para torná-lo realidade", disse Picciani.

 

Tanto Crivella, quanto Washington Reis destacaram a importância do apoio do Ministério do Esporte na concretização desse protocolo de intenção. "A disposição do ministro Picciani em consolidar o legado olímpico é elogiável. E esse legado é ainda mais importante porque vai ser voltado à educação", comentou o prefeito do Rio.

 

"Eu também quero agradecer pela grande ajuda que estamos recebendo do ministério para a concretização desse projeto. As escolas serão muito importantes para o nosso município e vão beneficiar centenas de crianças", pontuou o prefeito de Duque de Caxias.

 

arenacarioca_crivella_picciani_reis_prefeituraRJ.jpg
Crivella, Picciani e Reis. Foto: Prefeitura do Rio de Janeiro

 

Divisão do trabalho

De acordo com o protocolo, é responsabilidade da Prefeitura do Rio buscar junto ao Ministério do Esporte os recursos necessários para a desmontagem e licitar/contratar empresa especializada para a realização do trabalho. A Prefeitura de Duque de Caxias será responsável por construir as escolas.

 

A cerimônia contou também com a participação do presidente da Autoridade de Governança do Legado Olímpico (AGLO), Paulo Márcio Dias Mello; do diretor de infraestrutura do Ministério do Esporte, general Santos Filho; da subsecretária do Legado Olímpico da Prefeitura do Rio, Patrícia Amorim; de integrantes da Secretaria de Obras da Prefeitura de Duque de Caxias e de representantes da RioUrbe.

 

Marco Senna, do Rio de Janeiro
Ascom - Ministério do Esporte