Notícias

Programa Segundo Tempo

Ministro Leandro Cruz visita núcleo do Segundo Tempo/Forças no Esporte em Natal

publicado: 14/11/2018 00h00, última modificação: 15/01/2020 15h52
profesp_natal1vale.jpg

Foto: Paulo Rossi

O núcleo do Programa Segundo Tempo/Forças no Esporte (Profesp) que funciona no Grupamento de Fuzileiros Navais, em Natal, recebeu nesta terça-feira (13.11) a visita do ministro do Esporte, Leandro Cruz. Após participar da cerimônia de abertura dos Jogos Escolares da Juventude e assistir ao início das competições na capital potiguar, o ministro conferiu o projeto socioesportivo que beneficia 300 crianças e adolescentes na unidade da Marinha.

 

Parceria entre os ministérios da Defesa e do Esporte, o programa conta ainda com o apoio do Ministério do Desenvolvimento Social e da Secretaria Nacional de Juventude. O Comando do 3º Distrito Naval atende 1.600 jovens em sua área de jurisdição, que abrange Rio Grande do Norte, Paraíba, Pernambuco, Ceará e Alagoas. Em Natal, há um núcleo também na Base Naval. Além de aprenderem várias modalidades esportivas. os alunos da rede pública de ensino fazem refeições, têm aulas de reforço escolar em matemática e português e acompanhamento médico.

 

profesp_natalvale.jpg
Foto: Paulo Rossi
 

Recebido pelo comandante do Grupamento de Fuzileiros Navais, capitão de fragata (FN) Luiz Octávio de Carvalho Penna, o ministro do Esporte visitou as instalações do programa, conferiu aulas das turmas de futebol e de basquete e conversou com alunos e instrutores. "O Profesp possibilita uma troca espetacular. Ao mesmo tempo em que os militares forjam valores preciosos como solidariedade, disciplina e respeito ao próximo, as crianças humanizam as unidades militares com o espírito lúdico."

 

O capitão de fragata Luiz Octávio destacou a importância do Profesp para a formação das crianças: "Os meninos e meninas vêm para cá no contraturno de suas escolas. Em vez de ficarem nas ruas, recebem apoio esportivo, alimentação, reforço escolar e participam de atividades lúdicas. Muitos deles gostam tanto do ambiente que acabam seguindo a carreira militar".

 

O Ministério do Esporte investiu entre 2016 e 2018 mais de R$ 10 milhões para garantir o acesso ao esporte e ao lazer por meio do Segundo Tempo/Profesp. Desde a criação do programa, em 2003, são mais de 130 mil beneficiados, em todas as regiões brasileiras.

 

Paulo Rossi, de Natal