Notícias

ABCD

Na sede da UNESCO, em Paris, ABCD participa de conferência contra a dopagem no esporte

publicado: 12/11/2019 17h57, última modificação: 17/12/2019 18h47

Por meio da Autoridade Brasileira de Controle de Dopagem (ABCD), do Ministério da Cidadania, o Brasil participou da 7ª Conferência das Partes da Convenção Internacional contra a Dopagem no Esporte, entre os dias 29 e 31 de outubro, na sede da Unesco, em Paris (França). O encontro abordou temas como reformas de governança, as diretrizes a serem seguidas pelos Estados e as penalidades aos que não cumprirem o determinado pela convenção, além do Fundo para a Eliminação da Dopagem no Esporte, que são recursos levantados pelos Estados para propostas educacionais no combate ao doping.

 

IMG-20191028-WA0005.jpg

 

"Este ano a participação do Brasil focou na avaliação de um questionário que a Unesco propõe para todas as partes governamentais que são signatárias, para que elas possam se manter em conformidade com todas as normativas e orientações para o combate ao doping", explica a secretária nacional da ABCD, Luisa Parente. "O Brasil se colocou à disposição para participar do grupo de trabalho e deve, a partir do ano que vem, se integrar a esse grupo para promover uma melhoria dessa forma de avaliação e também das regras de conformidade e de eventuais sanções advindas disso", completa.

 

A ABCD também foi representada na conferência pela coordenadora Cristiane Araújo e contou com o apoio da delegada permanente do Brasil junto à Unesco, Mayra Saito, e da embaixadora Maria Edileuza Fontenele Reis.

 

O encontro em Paris promoveu também um fórum de debates dividido em quatro sessões: Inteligência Artificial e Dopagem Genética; Engajamento da Mulher e da Juventude no Esporte; Valores do Esporte nas Escolas; e Facilitando a Comunicação em favor da Ação Colaborativa. Outro ponto discutido foi a Plataforma Nacional de Conformidade Antidopagem, uma exigência da Unesco. "A gente já vai fazer uma tramitação interna e criar essa plataforma. Ela é integrada pela ABCD e por alguns entes do sistema nacional do desporto", explica Luisa Parente.

 

Ascom – Ministério da Cidadania