Notícias

Na série Geração de Valor, Ana Sátila conta como superou frustrações e garantiu resultados inéditos para o país

publicado: 15/01/2018 00h00, última modificação: 04/02/2020 16h10

Em 2012, Ana Sátila tinha apenas 16 anos quando representou o Brasil nos Jogos Olímpicos. A mineira, de Iturama, foi a brasileira mais jovem a defender o país na maior competição esportiva do mundo. Quatro anos depois, a canoísta voltou aos Jogos e passou por uma grande frustação no Rio 2016. Cotada entre as favoritas na canoagem slalom, ela foi eliminada na primeira fase. Pouco tempo depois, Ana soube se reinventar, passou por cima da tristeza e conquistou resultados expressivos para o país.

 

 

Ascom - Ministério do Esporte