Notícias

Notícias

Natação brasileira conquista três pratas nos Jogos Mundiais Militares

publicado: 20/10/2019 03h56, última modificação: 02/12/2019 18h47

Na estreia do Brasil na natação dos Jogos Mundiais Militares, em Wuhan, na China, três medalhas de prata entraram para a conta verde-amarela. A competição foi realizada neste sábado (19.10), no Wuhan Sports Center Natatorium, e contou com a presença do secretário especial do Esporte do Ministério da Cidadania, Décio Brasil, que participou da cerimônia de premiação.

 

Pedro Spajari conquistou a prata nos 50m livre. Foto: Pedro Ramos/Ministério da Cidadania

 

Os chineses dominaram, mas Guilherme Basseto (100m costas), Pedro Spajari (50m livre) e a equipe de revezamento 4 x 200m livre, composta por Leonardo de Deus, Fernando Scheffer, Leonardo Santos e André Calvelo, garantiram o segundo lugar do pódio em suas provas. O Brasil totaliza cinco medalhas até agora nos Jogos Mundiais Militares.

Convidado a participar da entrega de medalhas nos 100m costas masculino, Décio Brasil conferiu a prata a Guilherme Basseto, que completou a prova com 54s70, ficando atrás apenas do chinês Li Guangyuan (54s50). O secretário especial do Esporte fez parte também da cerimônia de premiação da prova de 200m costas feminino.

Resultados

Na prova feminina dos 400m livre, a brasileira Viviane Jungblut chegou em quarto lugar; nos 50m livre feminino, Etiene Medeiros ficou na quinta posição e Larissa Oliveira, na sexta. Já nos 50m livre masculino, a prata foi para Pedro Spajari, com André Calvelo em quarto.

Nos 200m costas feminino, Fernanda de Goeji obteve a quarta posição, assim como João Gomes nos 100m peito masculino. Gabrielle Roncatto não fez boa prova nos 400m medley feminino e chegou em oitavo. Já no revezamento 4 x 200m medley, o time masculino conseguiu a segunda colocação, ficando atrás apenas dos anfitriões, enquanto as brasileiras, na prova de 4 x 100m medley, ficaram em quarto lugar.

 

 

Jéssica Barz, de Wuhan, na China - Ministério da Cidadania