Notícias

No Parque Olímpico, mais de 700 judocas disputam Campeonato Brasileiro da Região III

publicado: 14/04/2018 00h00, última modificação: 24/01/2020 12h06
Captura_de_Tela_2018-04-15_as_18_44_18.png

O ministro do Esporte, Leandro Cruz, acompanhou, na manhã deste sábado (14.04), os combates do Campeonato Brasileiro de Judô da Região III. Com a presença de mais de 700 atletas, o evento reúne na área central do Velódromo do Rio de Janeiro, no Parque Olímpico da Barra, atletas que buscam pontos para o ranking nacional. O evento serve como seletiva para a etapa final do Brasileiro nas classes Sub 13, Sub 15, Sub 18, Sub 21 e Sênior.

 

"Com muito prazer participei hoje dessa etapa regional do Brasileiro. Tive o prazer de ver jovens atletas, já no caminho da excelência no judô nacional. Após nove anos, essa competição, que acolhe representantes de Rio de Janeiro, Minas Gerais, Espírito Santo e Bahia, volta à capital fluminense. Mais do que voltar ao Rio, vem para uma instalação olímpica, legado da Rio 016. Hoje, temos um campeonato de judô e amanhã uma final da Liga Nacional de Vôlei. Garantimos, assim, que todas as semanas tenhamos grandes eventos, tanto de alto rendimento quanto de participação e de inclusão. É o legado a serviço não só do esporte, mas de toda a população brasileira", disse o ministro.

 

O Brasileiro da Região III é promovido pela Federação de Judô do Rio de Janeiro. Segundo o presidente da federação local, Jucinei Costa, muitos atletas ficaram empolgados em disputar uma competição na instalação esportiva utilizada durante os Jogos Olímpicos e Paralímpicos do Rio 2016. "Uma das minhas missões quando entrei na federação era trazer uma competição como essa para o Rio. Hoje, contamos com várias instalações olímpicas à disposição. A questão do legado é um grande incentivo para muitos judocas aqui. Muitos se esforçaram para estar aqui pela oportunidade de lutar no Parque Olímpico", disse Jucinei.

 

A abertura do Brasileiro de judô da Região III foi realizada nesta sexta-feira (13). A cerimônia contou com a presença das campeãs olímpicas Sarah Menezes (Londres 2012) e Rafaela Silva (Rio 2016), que representam o Clube de Regatas do Flamengo (RJ) e o Instituto Reação (RJ), respectivamente, assim como o campeão mundial Luciano Corrêa, chefe de delegação da equipe do Minas Tênis Clube.

 

Breno Barros
Ascom – Ministério do Esporte