Notícias

Notícias

Osmar Terra apresenta Estação Cidadania e estrutura do ministério a prefeitos

publicado: 10/04/2019 13h19, última modificação: 02/12/2019 18h47

O ministro da Cidadania, Osmar Terra, apresentou, nesta terça-feira (9), o projeto das Estações Cidadania - espaços que serão implementados para unir os serviços da Assistência Social com os prestados nos Centros de Artes e Esportes Unificados (CEUs) e nos Centros de Iniciação ao Esporte (CIEs). O ministro falou durante a XXII Marcha dos prefeitos a Brasília promovida pela Confederação Nacional do Municípios. Ele ainda destacou a estrutura do ministério e defendeu ações integradas e o fortalecimento das prefeituras.

O ministro Osmar Terra apresentou aos da Marcha dos Prefeitos a Brasília o projeto Estação Cidadania, cujo objetivo é unir em um mesmo espaço os serviços oferecidos pela Assistência Social e os que já são prestados nos Centros de Artes e Esportes Unificados e nos Centros de Iniciação ao Esporte. (Foto: Mauro Vieira)

O Ministério da Cidadania une as pastas de Desenvolvimento Social, Cultura e Esporte, e de acordo com o ministro, as Estações Cidadania serão locais onde a população encontrará serviços qualificados nestas áreas. “O objetivo é oferecer em um mesmo espaço programas e ações culturais, práticas esportivas e de lazer, formação e qualificação para o mercado de trabalho, serviços socioassistenciais, políticas de prevenção à violência e às drogas e inclusão digital em áreas de alta vulnerabilidade social”, disse.

Osmar Terra também falou da importância dos programas e ações como o Bolsa Família, a Bolsa Atleta e os incentivos à Cultura, e do trabalho ao lado dos municípios. “Queremos tornar os programas mais eficientes para beneficiar quem vive em situação de mais vulnerabilidade, por isso apresentamos a estrutura para mostrar que vamos continuar trabalhando muito junto com os gestores municipais”, garantiu.

Além de defender o trabalho conjunto para o avanço das políticas públicas, ele ainda enfatizou que o objetivo não é sobrecarregar os municípios com novos gastos, mas ajudar a fortalecer a cidadania. “Vamos procurar levar todo o recurso disponível para os municípios, porque a cidadania se exerce lá, e o Ministério da Cidadania tem que ajudar isso a acontecer”, afirmou.

O prefeito de Xapuri (AC), Bira Vasconcelos, acompanhou a apresentação e falou da importância da aproximação do ministério com as prefeituras para garantir mais oportunidades à população. “Como é um ministério novo, é importante que possamos conhecer o trabalho e ver a disponibilidade do ministério para chegar mais perto dos prefeitos que vivem as cidades e veem as necessidades de perto”, concluiu.

“É muito importante o trabalho que está sendo desenvolvido pela Cidadania, principalmente na primeira infância com o Criança Feliz”, disse o vereador de Irapuan Pinheiro (CE), Claudenisio Pinheiro, que também acompanhou a fala do ministro sobre o programa de visitação para o desenvolvimento de gestantes e das crianças de até três anos beneficiárias do Bolsa Família e de até seis anos que recebem o Benefício de Prestação Continuada (BPC).

Mobilização - A Marcha dos Prefeitos termina nesta quinta-feira e é marcada pelo encontro dos gestores municipais com o governo federal e o congresso nacional. Para mais informações acesse XXII Marcha a Brasília em Defesa dos Municípios – CNM

Diego Queijo – Ministério da Cidadania