Notícias

NOTÍCIAS

Políticas públicas para futebol de mulheres são tema de simpósio em Vitória

publicado: 13/11/2019 14h21, última modificação: 17/12/2019 18h49

Para fomentar a discussão sobre a presença de mulheres no futebol e propor políticas públicas a fim de incrementar e possibilitar melhores condições de permanência das mulheres na modalidade, a Universidade Federal do Espírito Santo (UFES), em parceria com a Secretaria Nacional de Futebol e Direitos do Torcedor (SNFDT), do Ministério da Cidadania, realizará em Vitória, nos dias 21, 22 e 23 de novembro, o simpósio O Futebol de Mulheres no Brasil: Perspectivas e Desafios para as Políticas Públicas.

 

O evento é destinado a gestores públicos e privados de futebol, de secretarias de esporte, federações e clubes; e a estudantes, professores e profissionais de educação física, jogadoras(es), treinadoras(es) e árbitras(os) de futebol. Responsável pelo setor do futebol feminino da Secretaria Especial do Esporte, o ex-técnico da Seleção Brasileira Feminina, de 2007 a 2011, Kleiton Lima, ressalta o trabalho que a pasta vem promovendo para que a mulher ocupe o seu espaço dentro do futebol, seja em caráter profissional, de lazer ou entretenimento.

 

"Iniciativas como essa, que buscam debater, abrir e aprimorar políticas públicas no futebol de mulheres em uma esfera geral, são muito importantes. Nós queremos que o Brasil se torne uma referência no futebol feminino, porque grandes nomes neste segmento nós temos, mas para isso precisamos fomentar ações que incluam esse tema na nossa esfera cultural e social", afirma.

 

Cinco mesas de debate estão programadas nos dois primeiros dias de evento. O encontro será encerrado com um torneio de futsal feminino, no dia 23, para dar visibilidade a equipes existentes na grande Vitória, além de aproximar treinadores(as) e atletas das discussões propostas pelo evento.

 

Após o simpósio, duas ações serão realizadas como contrapartida do investimento promovido pela SNFDT, no valor de R$50 mil, por meio de um Termo de Execução Descentralizada (TED) com a UFES. A primeira delas é destinada à socialização dos debates relativos às mesas, que terá como resultado um livro com as falas dos palestrantes. A segunda é a proposição de um material didático, no formato de cartilha, dando apontamentos para os professores de educação física trabalharem com a educação esportiva de meninas, nas escolas, com direcionamento ao futebol, a fim de democratizar o acesso à prática e contribuir com a formação delas. Esses materiais serão distribuídos gratuitamente após a produção.

 

Programação completa

 

Quinta-feira (21/11)

 

1) O futebol de mulheres no Brasil e em outros países

A mesa tem como objetivo discutir o futebol de mulheres no Brasil e em outros contextos internacionais, a partir do diálogo da Rede Sul-Americana de Pesquisa sobre futebol de mulheres e das políticas de gestão do futebol de mulheres pela Conmebol.

Prof. Dra. Silvana Goellner (UFRGS) e Prof. Ms. Julia Barreira (UNICAMP).

 

2) A profissionalização, os direitos e a carreira no futebol de mulheres

A mesa visa compreender a profissionalização de mulheres no Brasil a partir das pesquisas realizadas sobre o tema e a narração das experiências das jogadoras e de outros países.

Prof. Dr. Osmar Moreira de Souza Junior Carolina Tavares Vieira – atleta do Atlético Ferroviária Araraquara e Ana Carla de Oliveira Barboza – atleta do Clube de Regatas do Flamengo/Marinha brasileira.

 

3) Os futebóis de mulheres no estado

A mesa é voltada ao contexto local e visa discutir os futebóis (beach soccer, fut7, futsal e futebol de campo) de mulheres no Espírito Santo, uma vez que do estado saem diversas atletas profissionais de beach soccer e de futebol de campo, bem como a base da seleção brasileira de fut7.

Prof. Esp. Jeanio Pelissari (treinador campeão mundial dos jogos escolares), Prof. Esp. Luciano Tadino (treinador do Vila Nova/ ES e da seleção brasileira de Fut7) e Leticia Vilar (atleta de beach soccer da seleção brasileira) Atletas do Vila Nova/ES.

 

Sexta-feira (22/11)

 

4) As mulheres no futebol: treinar, gerir e torcer

A mesa visa discutir experiências possíveis de mulheres relacionadas ao futebol, como treinadoras, árbitras e torcedoras, a fim de fomentar o debate sobre a necessidade de reconhecimento e redistribuição em todas as esferas e papéis.

Prof. Ms. Mariana, Novais (UFJF), Prof. Dra. Ana Lorena Marche (coordenadora do Ferroviária), Prof. Dra. Mariana Zuaneti Martins (UFES) e Prof. Marcela da Costa Pereira (treinadora da Escolinha Zico 10).

 

5) Meninas em jogo: a iniciação ao futebol feminino

A mesa visa discutir o processo de adesão de meninas ao futebol a partir dos referenciais da pedagogia do esporte e das experiências de clubes que lidam com categorias de base da modalidade.

Profª Dra. Larissa Galatti Profa. Thais Cavalcanti (treinadora de futebol, ex-Centro Olímpico) e Profa. Debora Venturini (treinadora de futebol em projetos sociais).

 

Sábado (23/11)

 

Campeonato de futsal de mulheres do Espírito Santo

 

 

Ascom - Ministério da Cidadania