Notícias

Notícias

Secretaria Especial do Esporte apresenta programas em Foz do Iguaçu

publicado: 28/08/2019 22h34, última modificação: 02/12/2019 18h47

Para apresentar os projetos desenvolvidos pela Secretaria Especial do Esporte do Ministério da Cidadania, o secretário especial do Esporte, Décio Brasil, o secretário nacional de Esporte, Educação, Lazer e Inclusão Social, Washington Cerqueira e da secretária da Autoridade Brasileira do Controle de Dopagem, Luisa Parente, estiveram no 31° Congresso Brasileiro de Medicina do Exercício e do Esporte e do XI Congresso Sul-Americano de medicina do Esporte, em Foz do Iguaçu (PR), nesta quarta-feira (28.08). Os três expuseram os principais eixos de trabalho da Secretaria Especial do Esporte do Ministério da Cidadania.

 

Durante a sua apresentação, o Décio Brasil falou sobre um dos temas mais abordados no evento: o sedentarismo. E, mostrou as ações que são desenvolvidas para o combate a esse problema, que é considerado a doença do século. Dentre as iniciativas estão a abertura de Estações Cidadania, centros de treinamentos nos municípios, projetos em contraturno escolar e convênios com entidades esportivas. “Estamos estudando ainda uma parceria com o Ministério da Saúde e a Sociedade Brasileira de Medicina para instituir um Plano de Ação Global para a promoção da atividade física, que tem como meta reduzir o sedentarismo em 15% até 2030”, ressaltou. De acordo com o secretário, as políticas públicas para o esporte são uma prioridade do governo federal. 

 

Washington Cerqueira fez sua apresentação também tratando de sedentarismo. Segundo dados apresentados, 67 milhões de brasileiros são sedentários, o que representa 45,9% da população. De acordo com Cerqueira, o Plano Global apresentado pelo secretário Décio Brasil, tem como objetivo “criar sociedades, ambientes, pessoas e sistemas ativos”, falou. Além disso, também falou sobre os programas desenvolvidos pela SNELIS, que juntos somam 453 mil beneficiários e 2 milhões de atletas participantes. Ressaltou o Segundo Tempo, Esporte e Lazer da Cidade e Vida Saudável, programas que oportunizam a prática de atividades físicas desde crianças até idosos.


A secretária nacional da Autoridade Brasileira de Controle de Dopagem, Luisa Parente, apresentou o programa #JogoLimpo, desenvolvido para tratar de valores éticos e morais do esporte, a fim de consolidar a consciência antidopagem no país. A ação envolve tanto o atleta de alto rendimento, como também atletas de formação e entidades, realizando palestras e campanhas de conscientização sobre o doping. “Queremos consolidar esse programa dentro da política nacional antidopagem, porque desejamos atletas saudáveis, competindo em um jogo limpo”, afirmou a secretária.


Após as palestras, foi realizada a solenidade de abertura do evento, que contou com a presença dos três secretários da Secretaria Especial do Esporte, de representantes da medicina esportiva brasileira e sul-americana, alunos e pesquisadores. Décio Brasil e Washington Cerqueira foram homenageados por congressistas, pelo trabalho desenvolvido à frente da SEE.
31º Congresso Brasileiro de Medicina do Exercício e do Esporte - Foz do Iguaçu


Jéssica Barz - Ministério da Cidadania