Notícias

NOTÍCIAS

Seleção feminina de basquete realiza reta final de treinos para Lima em arena olímpica no Rio

publicado: 17/07/2019 14h52, última modificação: 02/12/2019 18h47

A Seleção Brasileira Adulta Feminina iniciou nesta seamana a fase final de treinamentos para os Jogos Pan-Americanos de Lima, que serão disputados no Peru de 26 de julho a 11 de agosto. As atividades com bola da equipe comandada pelo técnico José Neto são realizadas na Arena Coronel Wenceslau Malta, no Parque Olímpico de Deodoro, um dos legados dos Jogos Rio 2016.

O período de treinamentos segue até 30 de julho (terça-feira). O basquete feminino estreia no dia 6 de agosto. Serão oito equipes, divididas em dois grupos. O Brasil está na chave A, ao lado de Paraguai, Porto Rico e Canadá. O Grupo B tem Estados Unidos, Argentina, Colômbia e Ilhas Virgens. As equipes jogam entre si em turno único e as duas melhores de cada chave seguem para a semifinal. O primeiro compromisso das brasileiras será no dia 6, contra o Canadá.

Das 16 jogadoras convocadas, oito se apresentaram na terça-feira (16.07 de julho): Stephanie Carmen Soares (The Master's University/EUA), Mariane Roberta de Carvalho (The University of Kansas/EUA), Débora Fernandes da Costa (Sesi Araraquara), Lays da Silva (Blumenau Basquete), Izabella Frederico Sangalli (Ituano FC) e Aline Cristina Cezário de Moura (Sesi Araraquara), além das convidadas Lorena Vitória Barbosa Anunciação (ADC Bradesco) e Catarina Helena Ferreira de Oliveira (ADC Bradesco).

"A minha expectativa é a melhor possível. Estou animada e empolgada. Acredito que daqui para frente o Brasil tende a crescer e construir resultados positivos. A chegada do José Neto vai agregar bastante, o grupo é jovem e espero contribuir dando o meu melhor. Da última edição do Pan-Americano para essa, me vejo mais madura, o que é importante para quem atua na armação: pretendo passar isso para as meninas mais novas, além de estar bem segura para ajudar o grupo”, comentou a armadora Débora da Costa.

“Eu quero ajudar com a minha defesa, que é agressiva, mas creio que contamos com elenco forte; vai ser um trabalho bonito. As minhas expectativas são as melhores. Vou treinar forte para seguir no grupo, mas temos condições de fazer uma excelente preparação e buscar o ouro”, complementou a lateral Izabella Sangalli. As oito atletas que se apresentaram foram submetidas aos testes físicos e às avaliações médicas.

Fonte: Confederação Brasileira de Basquete (CBB)